RASTRO, MARGEM, CLARÃO

Voltar

RASTRO, MARGEM, CLARÃO

 

INAUGURAÇÃO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA
6 Novembro, 18h00, Casa Amarela - Galeria Municipal Castelo Branco
'Rastro, Margem, Clarão' é um projeto da Terceira Pessoa, no qual um colectivo de criadores em artes performativas, fotógrafos e ensaístas se propuseram pensar a escrita de Rui Nunes (n. 1945) nas suas heterogeneidades, nódulos temáticos e inquietações, numa abordagem arrojada e heuristicamente transdisciplinar.

A presente exposição apresenta três criações fotográficas distintas, criadas no contexto do projeto:
 
–      Basta que um pássaro voe, de Rui Dias Monteiro
–      Boca, de Valter Vinagre
–      Na imprecisa visão do vento, de Susana Paiva
 
Ao longo do projeto cada autor/a colaborou com um/a ensaísta, na edição de um livro de fotografia e texto: Rui Dias Monteiro com o ensaísta Vítor Ferreira (Faculdade de Letras do Porto), Susana Paiva com o ensaísta Diogo Martins (Faculdade de Letras do Porto) e Valter Vinagre com a ensaísta Eunice Ribeiro (Universidade do Minho).
 
Cada um destes ensaios fotográficos e escritos apresenta uma visão pessoal sobre um universo inclassificável no panorama literário português: algures entre a forma e o informe, o medo e a raiva, a evidência intolerável do real e a vacilação das imagens. Eis a escrita-visão de Rui Nunes: a experiência de habitar "[n]a intimidade de uma ruína".

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA
Fotografia / Imagem_ Valter Vinagre, Rui Dias Monteiro, Susana Paiva 
Produção_ Terceira Pessoa – Associação 
Financiamento_ Direção Geral das Artes / República Portuguesa – Cultura, Câmara Municipal de Castelo Branco 
Residências de Criação_ Fábrica da Criatividade Castelo Branco, O Espaço do Tempo

Data: 06/11/2020 a 12/12/2020

Local: Casa Amarela - Galeria Municipal Castelo Branco

Publicação: 04-11-2020

Categorias

Partilhar

Notícias e Eventos

Em Destaque