MUSEU DA CERÂMICA | Jornadas Europeias do Património

Voltar

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2020
MUSEU DA CERÂMICA, Caldas da Rainha

As Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia que envolve mais de 50 países, no âmbito da sensibilização dos povos europeus para a importância da salvaguarda do Património. Neste sentido, cada País elabora anualmente um programa de actividades a nível nacional, a realizar em Setembro, acessível ao público gratuitamente. 
A ideia base da iniciativa é promover o acesso aos monumentos e sítios, convidando à participação activa na descoberta de uma herança cultural comum, implicando o envolvimento dos cidadãos europeus com o património cultural. Os objectivos principais são reforçar os sentimentos de identidade cultural, de memória colectiva e de afirmação de um património comum cuja riqueza reside na sua diversidade.
As Jornadas Europeias do Património representam, por isso, uma celebração da solidariedade internacional, do diálogo e da diversidade culturais, constituindo momentos de reapropriação dos vestígios culturais do passado.

O Museu da Cerâmica propõe um interessante Workshop com o artista italiano Giacomo Rizzo e o novo projeto da Companhia de Teatro Estação das Letras "Caminhos". Participe!

 

Workshop Where is your nature?
24, 25 e 26 de setembro

O escultor Giacomo Rizzo desloca-se a Portugal para uma instalação dupla no Museu de Lisboa – Teatro Romano – e na capela do Instituto Italiano de Cultura. A mostra inaugura dia 23 de Setembro e integra um projeto mais vasto sobre as “portas” do Mediterrâneo. Interessado pelo tema da Cerâmica, o artista desloca-se ao Museu da Cerâmica em Caldas da Rainha para realizar um workshop integrado nas Jornadas Europeias do Património. A iniciativa tem o apoio do Instituto Italiano de Cultura e desenvolve-se em articulação com a Licenciatura de Design de Produto – Cerâmica e Vidro da ESAD.CR, que comemora este ano 30 anos de existência.

Giacomo Rizzo dá a conhecer a metodologia de trabalho para o workshop:

"Desenvolvi a primeira parte deste trabalho em Lisboa, lugar de desembarque e partidas, lugar de chegada para muitos. Após este reconhecimento, vou executar em Caldas da Rainha a operação artística dos “rasgos”, explicando as diferentes técnicas de moderação e formação. Nesta segunda parte do trabalho vão ser realizadas entrevistas aos participantes. Vou tentar desta forma unificar o mapeamento enquanto experiência direta de histórias e pessoas, como que muitas partículas invisíveis, através de um estudo das influências do ambiente sobre a memória do ser humano.

As pessoas que vão participar no workshop, vão ficar uma coisa só com a escultura. Uma única instalação, que se possa propagar como muitas rotas ou muitos mapas, de lugares, histórias, arte e cultura."

 METODOLOGIA GERAL

  1. Apresentação e introdução ao curso com discussão sobre a forma e sobre as técnicas de cerâmica.
  2. Início do trabalho escultura.
  3. Escolha do tema e realização de uma maquete em grés.
  4. Interpretação da escultura realizada
  5. Dimensão táctil e gestual
  6. Estudo dos utensílios para a modelagem
  7. Esvaziamento da escultura em argila, secagem, cozedura, vidragem, ecc. realização e envernizamento
  8. Envernizamento
  9. Tecnologia dos materiais

 

CALENDÁRIO
Momento preliminar (aberto aos participantes)
24 Setembro, 15:00 – encontro em Caldas da Rainha, no Museu de Cerâmica, com os responsáveis (Prof. Carla Lobo e Dr. Carlos Coutinho, visita à Foz do Arelho e Lagoa de Óbidos)e público interessado

Workshop
25 Setembro (10:00 às 12:30 e 14:30 às 18:00) – workshop no Museu da Cerâmica
26 Setembro (10:00 às 12:30) – opcional (continuação do workshop para efeitos de acabamentos e/ou outros)

 

CAMINHOS - Teatro de artes performativas
25 de setembro, 21h30

Passo lento, corpo curvado, carrego nas costas o que não guardo dentro do peito.
Todos me conhecem, mas ninguém sabe quem sou. Quando desistimos de ver as coisas bonitas da vida, deixamos de sorrir, de compreender e de perdoar.
Fechamo-nos dentro de nós próprios.
Ficamos sozinhos.
Nos caminhos que percorremos outros caminhos se cruzam.
Pára, vê quem passa, cumprimenta, acena, pede um abraço, sorri.
Tem tempo para escutar e ser escutado.
São os caminhos de todos e de todos são os caminhos.
Baseado na obra do autor Marco Taylor "O homem que carregava pedras", "O rapaz que conheceu o homem que carregava pedras" e "A Árvore que paria meninos" Tiago Duarte apresenta CAMINHOS, um trilho literário.
Através da dança, da narração e da leitura emergimos num mundo onde as palavras se cruzam entre a ficção e a realidade.
Se os problemas fossem pedras que tamanho teriam?
Enquanto leio, sonho, aprendo e vejo em algumas das histórias a minha, com personagens e tempos diferentes.
Mas o que fica são os caminhos, os caminhos de todos e de todos são os caminhos.

Data: 24/09/2020 a 26/09/2020

Local: Museu da Cerâmica | Caldas da Rainha

Publicação: 14-09-2020

Categorias

Partilhar

Notícias e Eventos

Em Destaque