Igreja da Sé Velha

Designação
Designação: Igreja da Sé Velha
Localização
Distrito: Coimbra
Concelho: Coimbra
Freguesia: União das Freguesias de Coimbra (Sé Nova, Santa cruz, Almedina e São Bartolomeu)
Morada: Coimbra, União das Freguesias de Coimbra (Sé Nova, Santa cruz, Almedina e São Bartolomeu), Largo da Sé Velha
Georreferenciação: Latitude: 40.208759 / Longitude: -8.427060
Descrição Geral
Nota Histórico-Artistica: Esta igreja insere-se no designado por período do “românico afonsino” da cidade de Coimbra. Iniciada no episcopado de D. Miguel Salomão, por volta de 1162, representa uma rutura com o esquema de catedrais românicas até então seguido (Braga e Porto), e constitui um ponto de partida da chamada tipologia de catedrais do Sul (Coimbra, Lisboa e Évora), facto para o que contribui decisivamente a intervenção de mestre Roberto, arquiteto de origem francesa. Desta fase, destacam-se a configuração de fortaleza da fachada principal e a profusão de capitéis decorados com temas vegetalistas e animalistas, o mais rico programa iconográfico do românico português. No início do século XIII procedeu-se à construção do claustro, no estilo gótico, já na viragem para o século XVI, no D. Jorge de Almeida, salienta-se o retábulo-mor, de Olivier de Gand e Jean d’Ypres, seguido das obras renascentistas executadas por João de Ruão, de que se destaca a Porta Especiosa, e Nicolau Chanterene.
Proteção
Situação: Classificado como MN - Monumento Nacional
Diploma de Classificação:
Diploma Zona Especial de Proteção (ZEP):