Conheça os oradores, nacionais e internacionais, que participam nos diferentes momentos da Conferência Internacional Estruturas de Criatividade 

5 DE NOVEMBRO

ABERTURA 

SUZANA MENEZES
Direção Regional de Cultura do Centro | Directorate Regional for Culture of the Centre 

É Diretora Regional de Cultura do Centro. Licenciada em Comunicação Social, pela Universidade da Beira Interior; mestre em Museologia pela Universidade Lusófona; doutorada em Estudos Culturais, pela Universidade de Aveiro. Desde 2009 é Chefe de Divisão da Cultura do Município de S. João da Madeira, assumindo a direção e gestão de recursos humanos, gestão cultural e a gestão científica das instituições a seu cargo: Biblioteca Municipal e Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares, Museu da Chapelaria e Museu do Calçado, Paços da Cultura e Casa da Criatividade. Entre 2011 e 2015, foi Diretora Executiva da Oliva Creative Factory, tendo sido da sua responsabilidade o desenvolvimento e implementação das ações conducentes à abertura da Oliva Creative Factory (fase de candidatura) e à afirmação desta nova instituição no contexto cultural e criativo da região (após abertura). 

Suzana is the Regional Director for Culture of the Centre. Degree in Social Communication from the University of Beira Interior; Master in Museology by Universidade Lusófona; PhD in Cultural Studies, University of Aveiro. Since 2009, she has been the Head of the Culture Division of the Municipality of S. João da Madeira, assuming the direction and management of human resources, cultural management and the scientific management of the institutions under her supervision: Municipal Library and Support Service for School Libraries, Museum of Headwear and Footwear Museum, Paços da Cultura and Casa da Criatividade. Between 2011 and 2015, she was the Executive Director of Oliva Creative Factory, having been responsible for the development and implementation of actions leading to the opening of the Oliva Creative Factory (application phase) and the affirmation of this new institution in the cultural and creative context of the region (after opening)

 

 

 

VÍTOR PEREIRA
Câmara Municipal da Covilhã  | Covilhã City Hall

É Presidente da Câmara Municipal da Covilhã desde 2013. Fez o ensino secundário na Escola Secundária Frei Heitor Pinto, onde foi membro do Conselho Diretivo. Foi um dos fundadores do jornal “Chama”, desse mesmo estabelecimento de ensino. Foi membro da Associação Académica da Universidade de Coimbra e do Conselho Diretivo da Faculdade de Direito da mesma instituição. Licenciou-se em Direito (Ciências Jurídicas) pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e é Advogado. Frequentou Pós-Graduação em Direito Empresarial. Foi membro da Assembleia de Freguesia do Teixoso e da Assembleia Municipal da Covilhã. Foi Vereador na Câmara Municipal da Covilhã de 2005 a 2013. Foi Deputado na Assembleia da República na X Legislatura, onde integrou a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e a Comissão de Poder Local, Ambiente e Ordenamento do Território. Tendo também integrado a Comissão de Ética e a Comissão Eventual de Acompanhamento e Avaliação da Política Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios. Foi coordenador dos deputados do Partido Socialista eleitos pelo círculo de Castelo Branco. Foi Subdelegado da Região Centro do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), entre 2010 e 2012. Presidiu à Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, em 2014 e 2015. É o atual presidente da Federação Distrital de Castelo Branco do Partido Socialista

He has been Mayor of Covilhã since 2013. He attended secondary school at Escola Secundária Frei Heitor Pinto, where he was a member of the Board of Directors. He was one of the founders of the newspaper “Chama”, of that same educational establishment. He was a member of the Academic Association of the University of Coimbra and of the Board of Directors of the Faculty of Law of the same institution. He graduated in Law (Legal Sciences) from the Faculty of Law of the University of Coimbra and is a Lawyer. Attended Graduate Studies in Business Law. He was a member of the Teixoso Parish Assembly and the Covilhã Municipal Assembly. He was Councilor at the Municipality of Covilhã from 2005 to 2013. He was a Member of the Assembly of the Republic in the 10th Legislature, where he was a member of the Commission for Constitutional Affairs, Rights, Freedoms and Guarantees and the Commission for Local Power, Environment and Spatial Planning. Having also been part of the Ethics Committee and the Eventual Committee for Monitoring and Evaluation of the National Policy for the Defense of the Forest Against Fires. He was coordinator of the Socialist Party deputies elected by the Castelo Branco circle. He was Sub-delegate of the Centro Region of the Institute of Employment and Professional Training (IEFP), between 2010 and 2012. He chaired the Intermunicipal Community of Beiras and Serra da Estrela, in 2014 and 2015. He is the current president of the Castelo Branco District Federation of the Socialist Party.

 

 

PEDRO MACHADO
Turismo Centro de Portugal |Tourism Centre of Portugal

Presidente da Turismo Centro de Portugal, exercendo o cargo desde 2008. Presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Centro, exercendo o cargo desde 2008. É licenciado em Filosofia e Mestre em Ciências da Educação, na Área de Especialização – Psicologia Educacional, pela Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade Coimbra. Membro do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Viseu, tendo tomado posse a 20 abril 2017. É Membro Cooptado do Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo, tendo tomado posse a 29 março 2017 e, Membro Cooptado da ESTH/IGP – Personalidade externa convidada pelo Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Instituto Politécnico da Guarda.

President of Tourism Centre of Portugal, holding the position since 2008. President of the Regional Tourism Promotion Agency of the Centre, holding the position since 2008. He holds a degree in Philosophy and a Master in Educational Sciences, in the Specialization Area - Educational Psychology, by the Faculty of Psychology and Educational Sciences at the University of Coimbra. Member of the General Council of the Polytechnic Institute of Viseu, having taken office on 20 April 2017. He is a Co-opted Member of the Department of Economics, Management, Industrial Engineering and Tourism, having taken office on 29 March 2017 and, Co-opted Member of ESTH / IGP - Personalidade invited by the Technical-Scientific Council of the Higher School of Tourism and Hospitality of the Polytechnic Institute of Guarda.

 

 

 

ISABEL DAMASCENO
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro | Centre Managing Authority

É Presidente da CCDRC - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. Licenciatura em Economia (Ramo Gestão) pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra em 1978. Desempenhou ainda os cargos de  Presidente da Câmara Municipal de Leiria de Janeiro de 1998 a Outubro de 2009, Vice-Presidente do Conselho Diretivo da ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, Presidente do Conselho de Administração dos SMAS – Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Leiria, Vogal da Direção e Conselho de Decisão Leader+/ADAE e Presidente da Assembleia Geral – Associação de Desenvolvimento da Alta Estremadura,  Presidente do Conselho Diretivo da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Litoral e Presidente e Vogal da Junta da Área Metropolitana de Leiria.

Isabel is the President of the CCDRC - Center Managing Authority. Degree in Economics (Management Branch) from the Faculty of Economics of the University of Coimbra in 1978. She also held the positions of Mayor of Leiria from January 1998 to October 2009, Vice-President of the Directive Council of ANMP - Portuguese Association of Municipalities, Chairman of the Board of Directors of SMAS - Municipalized Water and Sanitation Services of Leiria, Member of the Board and Leader + / ADAE Decision Council and President of the General Assembly - Alta Estremadura Development Association, President of the Intermunicipal Community Directive Council of Pinhal Litoral and President and Member of the Board of the Metropolitan Area of Leiria.

 

 

 

ÂNGELA FERREIRA
Secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural | Deputy Secretary of State of Culture and Cultural Heritage

Ângela Ferreira nasceu em Lisboa, em 1975. Licenciada em Arquitetura de Gestão Urbanística pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, concluiu em 2004 uma pós-graduação em Direito das Autarquias Locais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Iniciou a sua atividade profissional em 1999 na Câmara Municipal de Lisboa, onde trabalhou na área da informação urbana e Planeamento municipal até  2002. Paralelamente, desde 2003, integrou e coordenou várias equipas técnicas de elaboração de planos municipais de ordenamento do território. Em 2007 exerceu funções como Adjunta do Subsecretário de Estado da Administração Interna. Foi Chefe de Gabinete da Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, de 1 de dezembro de 2015 a 15 de outubro de 2018. Foi Secretária de Estado da Cultura no XXI Governo Constitucional.

Ângela was born in Lisbon, in 1975. With a degree in Urban Management Architecture from the Faculty of Architecture of the Technical University of Lisbon, in 2004 she completed a post-graduate degree in Local Authority Law from the Faculty of Law of the University of Lisbon. She began her professional activity in 1999 at the Lisbon City Council, where she worked in the area of urban information and municipal planning until 2002. In parallel, since 2003, she has integrated and coordinated several technical teams for the elaboration of municipal spatial planning plans. In 2007, she held the position of Assistant to the Under-Secretary of State for Internal Administration. She was Chief of Staff to the Assistant Secretary of State and Administrative Modernization, from December 1, 2015 to October 15, 2018. She was Secretary of State for Culture in the XXI Constitutional Government

 

KEYNOTE DE ABERTURA: FESTIVAIS E CIDADES EM DEBATE PARA O FUTURO DA EUROPA

KATHRIN DEVENTER
European Festivals Association

Kathrin Deventer é a Secretária Geral da European Festivals Association (EFA). Kathrin é co-fundadora e membro do conselho da European House for Culture, uma iniciativa da EFA, membro do Grupo de Estratégia “A Soul for Europe”, co-iniciadora e membro do conselho The Festival Academy (TFA) e do novo programa da EFA para festivais de arte EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe incluindo o FestivalFinder.eu. Foi membro do Comité de Cultura do projeto “New Narrative for Europe” da UE. Tem um interesse especial pela cultura e pelo seu papel no envolvimento da sociedade civil e em questões relacionadas com o reconhecimento da importância da cultura na sociedade. Acredita numa Europa cultural que emerge das responsabilidades e interações entre pessoas e organizações de todos os setores da sociedade.

Kathrin Deventer is the Secretary General of the European Festivals Association (EFA). Kathrin is a Co-founder and Board member of the European House for Culture, an initiative of EFA, a member of the Strategy Group of “A Soul for Europe”, co-initiator and board member of The Festival Academy (TFA) and launched with EFA the new programme for arts festivals EFFE – Europe for Festivals, Festivals for Europe including its FestivalFinder.eu. She served as a member of the Culture Committee of the EU’s “New Narrative for Europe” project. She has a special interest in culture and its role in civil society engagement and issues connected to the recognition of the importance of culture in society. She believes in a cultural Europe which emerges from responsibilities and interactions between people and organisations from all sectors in society.

 

PAINEL DE DISCUSSÃO: ESTRATÉGIAS TERRITORIAIS E PLANOS DE AÇÃO PARA A CULTURA

JORDI PASCUAL
UCLG Commité de Cultura | UCLG Culture Committee

Jordi Pascual é o coordenador do Comité de Cultura da Organização Mundial de Cidades Unidas e Governos Locais UCLG). O trabalho do Comitê é baseado nas Ações Cultura 21, o conjunto de ferramentas mais completo sobre cultura em cidades sustentáveis. O Comité organiza um prémio mundial, assim como como um Summit bienal, gere um banco de dados exclusivo de boas práticas e promove uma série de programas de aprendizagem sobre capacitação e conectividade de cidades. Como coordenador do Comitê, encontra-se envolvido na campanha global #culture2030goal que defende o papel dos fatores e atores culturais da Agenda 2030 da ONU e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Jordi Pascual ensina também direitos culturais e globalização na Universidade Aberta da Catalunha.

Jordi Pascual is the coordinator of the Committee on culture of the world organisation of United Cities and Local Governments (UCLG). The work of the Committee is based on Culture 21 Actions, the most complete toolkit on culture in sustainable cities. The Committee organises a global award as well as a biennial Summit, manages a unique database of good practices and promotes a range of learning programmes on capacity-building and connectivity of cities. As coordinator of the Committee, he is involved in the global campaign #culture2030goal that advocates for the role of cultural factors and actors in the UN Agenda 2030 and the Sustainable Development Goals. Jordi Pascual also teaches cultural rights and globalisation at the Open University of Catalonia.

 

MANUEL GAMA
Universidade do Minho | University of Minho

Nasceu no Porto (Portugal) em 1972. Áreas de interesse: Políticas Culturais, Gestão Cultural, Redes Culturais, Mediação Cultural, Públicos da Cultura, Educação Artística, Criação Artística e Indústrias Culturais. Doutor em Estudos Culturais/Sociologia da Cultura pela Universidade do Minho, mestre em Educação Artística e licenciado em Gestão Artística e Cultural pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Entre 2015 e 2019 realizou um estágio de pós-doutoramento em Ciências da Comunicação na Universidade do Minho, Universidade de Santiago de Compostela e Universidade de São Paulo. O seu percurso profissional iniciou-se em 1994, primeiro como ator e depois como encenador e gestor cultural. Foi docente do ensino secundário e superior entre 1998 e 2018. Em 2011 começa a colaborar com investigador no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho (CECS). Desde 2016 que coordenada o 2CN-CLab e que é um dos coordenadores do Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura.

Born in Porto (Portugal) in 1972. Areas of interest: Cultural Policies, Cultural Management, Cultural Networks, Cultural Mediation, Culture Audiences, Artistic Education, Artistic Creation and Cultural Industries. PhD in Cultural Studies / Sociology of Culture from the University of Minho, master in Artistic Education and a degree in Artistic and Cultural Management from the Polytechnic Institute of Viana do Castelo. Between 2015 and 2019 he did a post-doctoral internship in Communication Sciences at the University of Minho, University of Santiago de Compostela and University of São Paulo. His professional career began in 1994, first as an actor and then as a director and cultural manager. He was a teacher in secondary and higher education between 1998 and 2018. In 2011 he began to collaborate with a researcher at the Center for Communication and Society Studies at the University of Minho (CECS). Since 2016, 2CN-CLab coordinates and is one of the coordinators of the Policy Observatory Communication and Culture.

 

ANNIE MARRS 
Dundee Cidade do Design UNESCO | Dundee UNESCO City of Design

Annie é a responsável pela designação de Dundee como Cidade do Design da UNESCO, trabalhando para garantir que a criatividade e o design estejam no centro do desenvolvimento económico, cultural e social da cidade. Tal inclui defender o papel dos designers e usar ferramentas de design para repensar as estratégias da cidade e serviços para tornar os lugares melhores para se viver. Annie's tem ampla experiência na realização de eventos e projetos culturais, muitas vezes recorrendo a ao reaproveitamento de imóveis desocupados. Ela está empenhada em garantir que a voz das diversas comunidades seja ouvida e influencie a tomada de decisões e o processo de como as estratégias são implementadas localmente.

Annie leads Dundee designation as UNESCO City of Design, working to ensure that creativity and design is at the heart of the city's economic, cultural and social development.  This includes championing the role of designers and using design tools in re-thinking city strategies, and services to make places better to live.  Annie's has extensive experience in the delivery of cultural events and projects often using re-purposed vacant properties. She is committed to ensuring the voice of our diverse communities is heard and influences decision making and the process of how strategy's are delivered locally.

 

FRANCISCO PAIVA
UBI / Candidatura da Covilhã a Cidade Criativa do Design UNESCO | Covilhã Candidate City to UNESCO Creative Cities

Professor Associado da Universidade da Beira Interior, onde fundou e dirige o curso de Doutoramento em Media Artes. Doutor em Belas Artes pela U. País Basco, Bilbau, licenciado em Arquitectura pela U. Coimbra e licenciado em Design pela U. Lisboa. Foi investigador-visitante na U. Bordeaux3. Dirigiu o curso de Design Multimédia durante 7 anos. Coordena o Grupo de Artes do LabCom e desenvolve pesquisa e criação sobre processos espacio-temporais, intermedialidade e identidade nas artes. Publicou e/ou editou numerosos livros e artigos, efectuou e organizou exposições e participa regularmente em comissões científicas de eventos académicos e publicações especializadas. É coordenador geral da DESIGNA, Conferência Internacional de Investigação em Design, das Jornadas de Investigação em Artes e da plataforma Montanha Mágica* Arte e Paisagem. Foi nomeado Director Executivo da candidatura da Covilhã a Cidade Criativa da UNESCO em Design, promovida pelo Município da Covilhã. Integra a CooLabora, cooperativa de intervenção social.

Associate Professor at the University of Beira Interior, where he founded and directs the PhD in Media Arts. PhD in Fine Arts from the U. Basque Country, Bilbao, graduated in Architecture from the U. Coimbra and graduated in Design from the U. Lisbon. He was a visiting researcher at U. Bordeaux. He directed the Multimedia Design course for 7 years. He coordinates the LabCom Arts Group and develops research and creation on spatio-temporal processes, intermediary and identity in the arts. He has published and / or edited numerous books and articles, has held and organized exhibitions and regularly participates in scientific commissions of academic events and specialized publications. He is general coordinator of DESIGNA, International Conference on Research in Design, the Research Days in Arts and the platform Magic Mountain * Art and Landscape. He was appointed Executive Director of Covilhã's candidacy for UNESCO's Creative City in Design, promoted by the Municipality of Covilhã. It integrates CooLabora, a social intervention cooperative.

 

SESSÕES DE TRABALHO PARALELAS

Mapeamento Cultural, Nancy Duxbury
Práticas artísticas, comunidades e participações,Hugo Cruz

NANCY DUXBURY
Universidade de Coimbra | University of Coimbra

Nancy Duxbury, PhD, é Investigadora Sénior e Co-coordenadora do Grupo de Trabalho Cidades, Culturas e Arquitetura do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Portugal. É membro da European Expert Network on Culture. A sua investigação foca-se no mapeamento cultural, na cultura para o desenvolvimento local sustentável, modelos de desenvolvimento baseados na cultura em comunidades pequenas, e na publicação de livros sobre política de desenvolvimento e turismo criativo. Foi a Investigadora Responsável do “Creative Tourism Destination Development in Small Cities and Rural Areas”, um projeto nacional de investigação e desenvolvimento, envolvendo 5 centros de investigação e 40 projetos-piloto (2016-2020) que teve como objetivo catalisar e desenvolver o turismo criativo em pequenas cidades e áreas rurais em quatro regiões de Portugal. Livros selecionados: Cultural Mapping as Cultural Inquiry (2015), Culture and Sustainability in European Cities: Imagining Europolis (2015), Cultural Policies for Sustainable Development (2018), Artistic Approaches to Cultural Mapping: Activating Imaginaries and Means of Knowing (2018), A Research Agenda for Creative Tourism (2019), Creative Tourism: Cultural Resources, Entrepreneurship, and Engaging Creative Travellers (2021) e Cultural Sustainability, Tourism and Development: (Re) articulations in Tourism Contexts (2021).

Nancy Duxbury, PhD, is a Senior Researcher and Co-coordinator of the Cities, Cultures and Architecture Research Group at the Centre for Social Studies, University of Coimbra, Portugal, and a member of the European Expert Network on Culture. Her research has examined cultural mapping, culture in local sustainable development, culture-based development models in smaller communities, book publishing development policy, and creative tourism. She was the Principal Investigator of “CREATOUR: Creative Tourism Destination Development in Small Cities and Rural Areas,” a national research-and-application project involving 5 research centres and 40 pilot projects (2016-2020) that aimed to catalyze and develop creative tourism in small cities and rural areas across four regions of Portugal. Selected books: Cultural Mapping as Cultural Inquiry (2015), Culture and Sustainability in European Cities: Imagining Europolis (2015), Cultural Policies for Sustainable Development (2018), Artistic Approaches to Cultural Mapping: Activating Imaginaries and Means of Knowing (2018), A Research Agenda for Creative Tourism (2019), Creative Tourism: Cultural Resources, Entrepreneurship, and Engaging Creative Travellers (2021), and Cultural Sustainability, Tourism and Development: (Re)articulations in Tourism Contexts (2021).

 

 

HUGO CRUZ
PELE

Desenvolve o seu trabalho no espaço da criação artística e participação em contextos diversos. Doutorando no CIIE-UP e CHAIA-UE em torno do tema “Práticas Artísticas Comunitárias e Participação Cívica e Política: experiências em Portugal e no Brasil”. Diretor Artístico do MEXE_Encontro Internacional de Arte e Comunidade. Cofundador da Nómada, PELE e Núcleo do Teatro do Oprimido do Porto. Leciona com frequência em diversas instituições nacionais e internacionais, principalmente no Brasil e Espanha, nas áreas da “criação artística e espaço público”, “arte e política” e “práticas artísticas comunitárias”. Destacam-se as publicações, entre outras, “Arte e Comunidade” (2015) e “Arte e Esperança” (2019) editadas pela Fundação Calouste Gulbenkian. É consultor no âmbito da Iniciativa PARTIS (Práticas Artísticas e Inclusão Social) da Fundação Calouste Gulbenkian, do FAACC (Festival de les Arts Comunitàries de Catalunya) e projetos “Cultura para Todos” de diversos municípios.

Hugo develops his work in the space of artistic creation and participation in different contexts. PhD student at CIIE-UP and CHAIA-UE around the theme “Community Artistic Practices and Civic and Political Participation: experiences in Portugal and Brazil”. Artistic Director of MEXE_International Meeting of Art and Community. Co-founder of Nómada, PELE and Nucleus of the Theater of the Oppressed of Porto. He frequently teaches at several national and international institutions, mainly in Brazil and Spain, in the areas of “artistic creation and public space”, “art and politics” and “community artistic practices”. Noteworthy publications are “Arte e Comunidade” (2015) and “Arte e Esperança” (2019) edited by the Calouste Gulbenkian Foundation. He is a consultant under the PARTIS Initiative (Artistic Practices and Social Inclusion) of the Calouste Gulbenkian Foundation, FAACC (Festival de les Arts Comunitàries de Catalunya) and “Culture for All” projects in several municipalities.

 

KEYNOTE: COMO REDUZIR A PEGADA ECOLÓGICA NAS ORGANIZAÇÕES CULTURAIS

BECKY HAZLEWOOD
Julie’s Bicycle (Reino Unido)

A Becky colabora com a Julie’s Bicycle desde julho de 2019 como gestora de projetos de sustentabilidade ambiental nos programas Creative Green, Arts Council England e Cities. Trabalha no setor da Sustentabilidade e Meio Ambiente há mais de sete anos, nomeadamente no setor de habitação social, onde se especializou no desenvolvimento e implementação de estratégias, gerindo uma série de projetos em áreas como eficiência energética, energias renováveis, biodiversidade e espaços verdes, compras sustentáveis, economia circular, iniciativas de bem-estar e mudança organizacional. O seu entusiasmo pela conservação da biodiversidade levou-a a alargar seu trabalho em consultoria ecológica e investigação no terreno, no Reino Unido e no exterior. Becky possui um Mestrado em Ciências Ambientais pela University of East Anglia e é membro associado do Chartered Institute of Ecology and Environmental Management (CIEEM).

Becky joined Julie’s Bicycle in July 2019 to work as an Environmental Sustainability Project Manager across the Creative Green, Arts Council England and Cities programmes. Becky has worked in the Sustainability and Environmental sector for over seven years, primarily in the social housing sector, where she specialised in strategy development and implementation, managing a range of projects in areas such as fuel poverty, energy efficiency, renewable energy, biodiversity and green spaces, sustainable procurement, circular economy, wellbeing initiatives and organisational change. Her long-term enthusiasm for biodiversity conservation led her to expand her work into ecological consultancy and field research, in the UK and abroad. Becky holds an MSc in Environmental Sciences from the University of East Anglia and is an Associate member of the Chartered Institute of Ecology and Environmental Management (CIEEM).

 

6 DE NOVEMBRO

KEYNOTE: ESTRATÉGIAS CRIATIVAS PARA OS TERRITÓRIOS

TOM FLEMING 
Tom Fleming Creative Consultancy

O Prof. Tom Fleming é uma autoridade global em política cultural e economia criativa. Trabalha a nível aconselhando governos, municípios e instituições sobre como construir políticas, estratégias e investimentos fortes, inclusivos e inovadores, colocando a cultura no centro da sociedade e como um elemento-chave numa economia diversificada e sustentável. Está sedeado em Londres e no Porto, onde lidera uma consultoria cultural multidisciplinar. No final de 2020, ele lançará a TFCC Europe: uma nova empresa que oferece visões e soluções em política cultural e criativa numa Europa pós-Covid. Esta é a organização irmã da Tom Fleming Creative Consultancy, que lidera há 18 anos. Em Portugal, já trabalhou com cidades como Guimarães, Évora, Aveiro, Óbidos, Braga e Porto e é um apaixonado pelo futuro criativo do país.

Prof. Tom Fleming is a global authority on cultural policy and the creative economy. He works across the world advising governments, municipalities and institutions on how to build strong, inclusive and innovative policy, strategy and investment, putting culture to the heart of society and as a key element in a diverse and sustainable economy. He is based in London and Porto, where he leads a multidisciplinary cultural consultancy. In late 2020, he will launch TFCC Europe: a new company offering vision and solutions in cultural and creative policy in a post-Covid Europe. This is a sister organisation to Tom Fleming Creative Consultancy, which he has led for 18 years. In Portugal, Tom has worked with cities such as Guimaraes, Evora, Aveiro, Obidos, Braga and Porto and is passionate about the country's creative future.

 

PAINEL DE DISCUSSÃO: DINÂMICAS CULTURAIS NA EDUCAÇÃO

PAULO PIRES DO VALE
Plano Nacional das Artes |  National Plan for the Arts

Paulo é filósofo, professor universitário, ensaísta e curador. Desde 2019, é o Comissário do Plano Nacional das Artes, uma iniciativa do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação com a missão de aproximar as arte, o património e a cultura da vida dos cidadãos, em particular das crianças e dos jovens. 

Paulo is a philosopher, university professor, essayist and curator. Since 2019, he has been the Commissioner of the National Arts Plan, an initiative of the Ministry of Culture and the Ministry of Education with the mission of bringing art, heritage and culture closer to the lives of citizens, in particular children and young people.

 

 

SUSANA MENEZES
LU.CA – Teatro Luís de Camões

Susana Menezes é diretora artística do LU.CA – Teatro Luís de Camões. Desde 2001 faz programação artística para os crianças e jovens no contexto das artes performativas. A sua atividade começou no Teatro do Campo Alegre – Porto, tendo iniciado uma área programática dirigida aos públicos mais jovens e passado com as mesmas funções para o Teatro Maria Matos, onde continuou ao longo de 12 anos. Foi consultora na Artemrede – Teatros Associados. Dá formação em Serviços Educativos e Programação Cultural em diferentes formatos e níveis de ensino e apresenta regularmente comunicações no contexto do seu trabalho. É licenciada em Design de Produto pela ESAD Escola Superior de Artes e Design, tendo lecionado artes e design no ensino publico. Foi bolseira na Hogeschool Antwerpen / Design Sciences - Instituto Superior de Desenvolvimento de Produto. Concluiu pós-graduação no INDEG/ISCTE em Gestão Cultural nas Cidades em 2004 e frequentou o mestrado em Comunicação e Cultura no mesmo contexto universitário.

Susana Menezes is the artistic director of LU.CA - Luís de Camões Theater. Since 2001, she has been doing artistic programming for children and young people in the context of performing arts. Her activity started at Teatro do Campo Alegre - Porto, having started a program area aimed at younger audiences and then moved with the same functions to Teatro Maria Matos, where she stayed for 12 years. She was a consultant at Artemrede - Teatros Associados. She is a trainer in Educational Services and Cultural Programming in different formats and levels of education and regularly presents communications in the context of her work. She has a degree in Product Design from ESAD Escola Superior de Artes e Design, having taught arts and design in public education. She was a fellow at Hogeschool Antwerpen / Design Sciences - Higher Institute of Product Development. She completed a postgraduate degree at INDEG / ISCTE in Cultural Management in Cities in 2004 and attended a master's degree in Communication and Culture in the same university.

 

 

FÁTIMA ALÇADA
A Oficina

Depois de uma curta passagem pela docência, Fátima Alçada colaborou com a Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura e foi aqui que ficou definido o percurso profissional para o futuro. Após o término da Capital Europeia e uma pós-graduação em Gestão Cultural das Cidades, pelo Indeg–ISCTE, foi iniciada uma colaboração com a Feira Viva, em Santa Maria da Feira, em que assumiu a responsabilidade da mediação com os diferentes públicos e instituições nos eventos Viagem Medieval e Festival Imaginarius. A partir de 2004, mudou-se para Guimarães, onde começou a trabalhar com A Oficina, CIPRL, inicialmente como produtora e depois como assistente de programação do Centro Cultural Vila Flor. Foi também em Guimarães que a existência do Serviço Educativo se tornou um dos focos de trabalho, criando assim o Serviço Educativo do Centro Cultural Vila Flor, do qual foi coordenadora até 2010. Entre 2010 e 2011, foi coordenadora geral de produção do Festival Imaginarius e em julho de 2011 assumiu a gestão e programação do cine-teatro de Estarreja, onde criou o Serviço Educativo. Em novembro de 2013, aceitou o convite da Câmara Municipal de Ovar para desenvolver um projeto cultural para a cidade. De março de 2019 a Junho 2020, desempenhou a função de diretora artística da Educação e Mediação Cultural d’A Oficina, em Guimarães e em junho 2020 a direção artística d’A Oficina.

After a short period as a teacher, Fátima Alçada collaborated with Porto 2001 - European Capital of Culture and it was here that the professional path for her future was defined. After the end of the European Capital and a postgraduate degree in Cultural Management of Cities, by Indeg – ISCTE, a collaboration was initiated with Feira Viva, in Santa Maria da Feira, in which she took the responsibility of mediation with different audiences and institutions at the Medieval Travel and Imaginarius Festival events. In 2004 Fátima moved to Guimarães, where she started working with A Oficina, ​​initially as a producer and later as a programming assistant at Centro Cultural Vila Flor. It was also in Guimarães that the existence of the Educational Service became one of the focuses of work, thus creating the Educational Service of the Centro Cultural Vila Flor, of which she was coordinator until 2010. Between 2010 and 2011, she was the general coordinator of production at the Imaginarius Festival and in July 2011 she took over the management and programming of the Estarreja cinema-theater, where she created the Educational Service. In November 2013, she accepted the invitation from the Municipality of Ovar to develop a cultural project for the city. From March 2019 to June 2020, she served as artistic director of Education and Cultural Mediation at A Oficina, in Guimarães and in June 2020 as artistic director at A Oficina.

 

PAULA ABREU
Universidade de Coimbra | University of Coimbra

Doutorada em Sociologia pela Universidade de Coimbra, é Professora Auxiliar da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC). Coordena atualmente o Mestrado em Sociologia (da FEUC) e é co-coordenadora do programa doutoral Discursos: Cultura, História e Sociedade (uma pareceria entre CES/FEUC/FLUC). É ainda investigadora do Centro de Estudos Sociais (CES), no Núcleo Cidades, Culturas e Arquitetura (CCA). Integrou a equipa de investigadores do CES que desenvolveu o Estudo de Diagnóstico sobre práticas de participação cultural em Coimbra, financiado pela Câmara Municipal de Coimbra e, atualmente, faz parte da equipa de investigação do CES que desenvolve o projeto europeu UNCHARTED – Understanding, Capturing and Fostering the Societal Value of Culture.

PhD in Sociology from the University of Coimbra, she is an Assistant Professor at the Faculty of Economics of the University of Coimbra (FEUC). She currently coordinates the Masters in Sociology (from FEUC) and is co-coordinator of the doctoral program Discourses: Culture, History and Society (a partnership between CES / FEUC / FLUC). She is also a researcher at the Center for Social Studies (CES), at the Cities, Cultures and Architecture Center (CCA). She was a member of the CES research team that developed the Diagnostic Study on cultural participation practices in Coimbra, funded by the Coimbra City Council and, currently, she is part of the CES research team that develops the European project UNCHARTED - Understanding, Capturing and Fostering the Societal Value of Culture.

 

ESTUDO DE CASO: AS PRÁTICAS COLABORATIVAS NO ÂMBITO DOS PROCESSOS DE CRIAÇÃO

ANA BRAGANÇA
ondamarela

Nasceu em Guimarães, em 1979. É gestora cultural especializada em projetos de mediação e envolvimento comunitário. Em Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura integrou a Direção Executiva onde coordenou a área de Marketing e Acolhimento. Foi gestora de projeto n’A Oficina - Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães, onde coordenou os Laboratórios Criativos, uma incubadora de Indústrias Criativas instalada na Plataforma das Artes e da Criatividade. Colaborou com o Serviço Educativo do Centro Internacional das Artes José de Guimarães e co-concebeu e co-coordenou o WestWayLab Festival em 2014. Integrou a equipa que desenvolveu o Guião Expositivo da Casa da Memória de Guimarães. Foi investigadora em diferentes temáticas do Património Cultural no Norte de Portugal. Integra a ondamarela, uma empresa que encontra nas pessoas e nos lugares a inspiração para o desenvolvimento de projetos artísticos, sociais e educativos.

Born in Guimarães, in 1979. She is a cultural manager specialized in mediation and community engagement projects. In Guimarães 2012 European Capital of Culture Ana was part of the Executive Direction where she coordinated the Marketing and Welcoming area. She was a project manager at A Oficina - Center of Arts and Traditional Masters of Guimarães, where she coordinated the Laboratórios Criativos, an incubator of Creative Industries installed in the Platform of Arts and Creativity. She collaborated with the Educational Service of the José de Guimarães International Arts Center and co-designed and co-coordinated the WestWayLab Festival in 2014. Ana was part of the team that developed the Exhibition Guide for the Casa da Memória de Guimarães. She was a researcher on different themes of Cultural Heritage in the North of Portugal. Ana integrates Ondamarela, a company that finds inspiration in people and places for the development of artistic, social and educational projects

 

RICARDO BAPTISTA
ondamarela

Nasceu no Porto, Portugal, em 1978. Músico. Concebeu e foi o diretor do programa “GuimarãesPlay” da Guimarães2012, Capital Europeia da Cultura. Coordenou a equipa de investigação e monitorização do Festival do Norte 2013, para o Turismo do Porto e Norte de Portugal.Foi facilitador, coordenador ou diretor artístico de projetos do Serviço Educativo da Casa da Música, como “Ritmos da Cidade” (2006), “Orquestra do Dia - Dia Mundial da Música” (2007), “Sonópolis” (2007-2011), "Orquestra de Famílias Reais"(2006), “Vinte mil músicas submarinas” (2012), “Rometa e Julieu” (2016). Em 2017 concebeu e coordenou, para a Presidência do Conselho Europeu – Malta2017, o projeto “Ode to Joy – a citizens orchestra”. Ganhou em 2015 o prémio literário “Maria Rosa Colaço”. Integra a ondamarela, uma empresa que encontra nas pessoas e nos lugares a inspiração para o desenvolvimento de projetos artísticos, sociais e educativos.

Born in Porto, Portugal, in 1978. Musician. He conceived and was the director of the “GuimarãesPlay” program at Guimarães2012, European Capital of Culture. He coordinated the research and monitoring team of the Festival do Norte 2013, for Porto and Northern Portugal Tourism. He was a facilitator, coordinator and artistic director of projects of the Educational Service of Casa da Música, such as “Ritmos da Cidade” (2006), “Orchestra of the Day - World Music Day” (2007), “Sonópolis” (2007-2011), “Orchestra of Royal Families” (2006), “Twenty thousand underwater songs” (2012), “Rometa and Julieu” (2016 ). In 2017 he conceived and coordinated, for the Presidency of the European Council - Malta2017, the project “Ode to Joy - a citizens orchestra”. In 2015, he won the literary prize “Maria Rosa Colaço”. Ricardos integrates Ondamarela, a company that finds inspiration in people and places for the development of artistic, social and educational projects.

 

PAINEL: COMO PODEM OS CENTROS E ESPAÇOS CULTURAIS E CRIATIVOS SEREM AGENTES DE MUDANÇA?

BARBARA STACHER
Comissão Europeia | EU-Commission

Barbara é de Viena, Áustria e trabalha para a Comissão Europeia há 25 anos em diferentes áreas - relações externas e comerciais da UE e cooperação com países mediterrânicos, América Latina e Rússia, e também nos setores culturais e criativos. Atualmente, Barbara trabalha na Direção-Geral da Educação e Cultura (DG EAC) da Comissão Europeia, na Unidade de Política Cultural. A sua área de trabalho é o desenvolvimento de políticas culturais, em particular na interseção de setores / indústrias / espaços culturais e criativos e como contribuir para o desenvolvimento urbano e regional, inclusão social, criação de empregos, participação, articulação de setores criativos e decisores políticos, centros criativos e espaços culturais e criativos. Também trabalha com as indústrias culturais e criativas, inovação e finanças em políticas e projetos.

Barbara is from Vienna/Austria and has been working for the European Commission for 25 years in different areas - EU external and trade relations and cooperation with Mediterranean countries, Latin America and Russia, and also cultural and creative sectors/CCIs, both in Brussels and abroad. Currently, Barbara works at the European Commission's Directorate-General for Education and Culture (DG EAC), in the Cultural Policy Unit. Her field of work is cultural policy making, in particular the crossroads of cultural and creative sectors/ industries/spaces and how to contribute in terms of city and regional development, social inclusion, job creation, participation, linking up creative sectors and policy-makers, creative hubs and cultural and creative spaces. She also works on cultural and creative industries, innovation and finance concerning policies as well as projects. 

 

 

JOSÉ RODRIGUEZ
Trans Europe Halles

Jose trabalha na Trans Europe Halles - a rede europeia de centros culturais não governamentais - desde 2014, onde atuou como gestor da rede, gestor de projetos e diretor de comunicações. Atualmente, é o gestor de projeto interino do projeto político da UE sobre Espaços e Cidades Culturais e Criativos. No passado, trabalhou para La Salle Innovation Park Madrid, a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), a Embaixada da Espanha na República Checa e a Triple Helix Association. As suas áreas de interesse são as indústrias criativas, inovação e cooperação internacional.

Jose works for Trans Europe Halles—the European network of non-governmental cultural centres—since 2014, where has served as network manager, project manager and communications director. Currently, he is the interim project manager of the EU policy project Cultural and Creative Spaces and Cities. In the past, he worked for La Salle Innovation Park Madrid, the Spanish Agency of International Cooperation for Development (AECID), the Embassy of Spain in the Czech Republic and the Triple Helix Association. His areas of interest are creative industries, innovation and international cooperation. 

 

JOÃO MOURÃO
Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas | Arquipélago Contemporary Arts Centre

João Mourão tem desenvolvido o seu percurso profissional enquanto curador e programador cultural. É Diretor do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, em S. Miguel – Açores. Anteriormente foi Co-diretor da Kunsthalle Lissabon e Diretor das Galerias Municipais de Lisboa. Fez curadoria de exposições de Eduardo Batarda, Ângela Ferreira, Carla Filipe, entre muitos outros, em instituições como o MAAT, Museu Arpad-Szenes-Vieira da Silva, MACE – Elvas. A nível internacional apresentou projetos na David Robert Art Foundation, Londres; Fondazione Giuliani, Roma; Institut of Contemporary Art – Philadelphia. Foi curador da Zona MACO – Sur, Cidade do México, da Disegni – Artissima, Turim e da secção de solo projects da ARTE BA, Buenos Aires. Editou, entre outas, monografias de Pedro Barateiro, André Guedes e Haris Epaminonda.

João Mourão has been developing his professional career as a curator and cultural programmer. He is the Director of the Archipelago - Contemporary Arts Center, in S. Miguel - Azores. Previously he was Co-director of Kunsthalle Lissabon and Director of the Municipal Galleries of Lisbon. He curated exhibitions by Eduardo Batarda, Angela Ferreira, Carla Filipe, among many others, in institutions such as MAAT, Arpad-Szenes-Vieira da Silva Museum, MACE - Elvas. Internationally, he presented projects at the David Robert Art Foundation, London; Fondazione Giuliani, Rome; Institut of Contemporary Art - Philadelphia. He was curator of the MACO - Sur Zone, Mexico City, of Disegni - Artissima, Turin and of the solo projects section of ARTE BA, Buenos Aires. Among others, he edited monographs by Pedro Barateiro, André Guedes and Haris Epaminonda

 

CONCLUSÕES
Pelos curadores e relatores da Conferência 

CRISTINA FARINHA

Porto, 1973. Perita independente do setor cultural e criativo. Doutorada, investigadora colaboradora do Instituto de Sociologia UP, docente convidada no Mestrado “Gestão de Indústrias Criativas” da Escola das Artes Universidade Católica Porto e do Curso “Gestão Cultural” da Universidade de Santiago de Compostela. Atualmente é membro do Painel de Seleção e Monitorização das Capitais Europeias da Cultura (2015-); avaliadora externa da Comissão Europeia para os programas Europa Criativa, Erasmus+ e H2020 (2011-) e do Fundo Roberto Cimetta para a Mobilidade Cultural no Mediterrâneo e Médio Oriente (2013-). Foi Diretora Executiva da ADDICT Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, 2012-6; representou na UE o Ministério da Cultura no Grupo de Peritos sobre indústrias criativas (2016-7).

Porto, 1973. Independent expert in the cultural and creative sector. PhD, researcher member at the Sociology Institute UP, guest lecturer in the Master in “Management of Creative Industries” at the Arts School from the Universidade Católica Porto and in the “Cultural Management” course at the University of Santiago de Compostela. She is currently a member of the European Capitals of Culture Selection and Monitoring Panel (2015-); European Commission external evaluator for the Europa Criativa, Erasmus + and H2020 programs (2011-) and the Roberto Cimetta Fund for Cultural Mobility in the Mediterranean and Middle East (2013-). She was Executive Director of ADDICT Agency for the Development of Creative Industries, 2012-6; represented in the EU the Ministry of Culture in the Creative Industries Expert Group (2016-7).

 

RUI MONTEIRO

Rui Monteiro é gestor de projetos e investigador no setor cultural e criativo. Recorre a abordagens multidisciplinares e sistémicas tendo em vista a realização de projetos com impacto ao nível cultural, social e/ou ambiental. Foi Gestor Executivo no ID+ Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura (Universidade do Porto) e Gestor de Projetos e Parcerias na ADDICT - Cluster das Indústrias Criativas em Portugal. Colaborou ainda na EBN - Innovation Network, INOVA+ Unidade de Cooperação Internacional e na SPI - Sociedade Portuguesa de Inovação. Possui uma larga experiência no desenho e implementação de projetos de investigação, desenvolvimento e inovação, trabalhando em equipas multidisciplinares, a nível nacional e internacional. É Mestre em Engenharia Química (Universidade do Porto / Chalmers University of Technology), Pós-Graduado em Gestão de Informação e Marketing Intelligence (Porto Business School), sendo atualmente aluno de doutoramento onde estuda as "Políticas públicas Europeias na área do Design" (Universidade do Porto).

Rui Monteiro is a project manager and researcher in the cultural and creative sector. He takes a multidisciplinary and systematic approach to his endeavours, towards cultural, social and/or environmental impact projects. He was Executive Manager at ID+ Research Institute for Design, Media and Culture, Project Manager at INOVA+ International Cooperation Unit, Project & Partnership Manager at ADDICT - Creative Industries Cluster Portugal, Project Manager at EBN - Innovation Network and Project Manager and Consultant at SPI - Portuguese Society for Innovation. He has extensive experience in designing and implementing research, development and innovation projects, working in multidisciplinary teams and at national and international level. He has a Master Degree in Chemical Engineering (Faculty of Engineering of the University of Porto / Chalmers Institute of Technology), a Post-Graduate Degree in Information Management (Porto Business School) and is currently undertaking a PhD in Design on the topic of "Design Public Policies" (Faculty of Fine Arts of the University of Porto).

Categorias

Partilhar