Voltar

Objeto do Mês | janeiro 2019

 

Bonifácio Lázaro Lozano (Nazaré, 1906 – Madrid, 1909)
Cabeça de João Galego, 1942
Lápis e pastel sobre papel
alt. 47 x larg. 37 cm
Oferta do autor, 1979
Museu Dr. Joaquim Manso inv. 95 Pint.


Este é o retrato de João Galego, uma das figuras da história popular da Nazaré do século XX, representado por Lázaro Lozano, pintor nascido nesta vila piscatória e que a ela dedicou parte significativa da sua obra criativa.
O desenho encontra-se autografado pelo próprio autor, no canto inferior esquerdo: "Lázaro Lozano / 1942 / Cabeça de João Galego / (pescador da Nazaré) /de quem fui admirador e amigo".

João Galego era filho do pescador António Pereira Galego e da peixeira Palmira Chicharro. Cedo começou a trabalhar nas redes do caranguejo, as chamadas “mugigangas”, na zona da Foz do rio Alcôa.
Em 1922, obteve cédula marítima, matriculando-se sucessivamente na Capitania da Nazaré, entre 1923 a 1966, em embarcações de pesca local.
Era visto como um pescador forte e trabalhador, tanto na arte xávega, como em traineiras, com experiência adquirida primeiro nas embarcações dos seus pais e, mais tarde, de sua propriedade ou em parceria, chegando a ser arrais.
Foi casado com a peixeira Clara Carreira ou da Pizoeira, que passava os seus dias entre o amanho e a seca do peixe para “ir fora” vendê-lo (ou seja, vendê-lo nas localidades da região).

Bonifácio Lázaro Lozano, nascido na Nazaré em 1906 e descendente de família espanhola aqui estabelecida na área da indústria conserveira, acompanhou os seus pais para Setúbal no ano seguinte. Contudo, repartiria toda a sua formação e atividade entre Portugal e Espanha, sendo a Nazaré a sua maior fonte de inspiração; aqui passou largas temporadas que lhe permitiram uma grande proximidade com as suas gentes, pescadores e peixeiras, de que é significativo este retrato de João Galego.

Mais informação sobre esta obra (MatrizNet).
Mais informação sobre Lázaro Lozano (Biografia).
Mais informação sobre o pescador João Galego em "Figuras do quotidiano da Nazaré", Museu Dr. Joaquim Manso, 1985 (disponível para consulta na Biblioteca do Museu).

 

 

Data: 01/01/2019 a 31/01/2019

Local: Museu Dr. Joaquim Manso | Nazaré

Publicação: 28-12-2018

Categorias

Partilhar